Imprimir
Acessos: 3512

nucelDisseminando tecnologias sociais em esportes educativos

NUCEL – Núcleos Comunitários de Esporte e Lazer é uma tecnologia social do Formação que vem sendo concebida e desenvolvida pela nossa equipe de diretores e profissionais da Incubadora de Esportes e Cidadania, desde 2010. Contudo, com outros parceiros, como o CEDES – Argentina e apoio da Fundação Kellogg, promovemos debates anteriores (entre 2005 e 2008) sobre a estruturação de Núcleos de Esportes na Baixada Maranhense.

Em 2010, com projeto apoiado pela Fundação Banco do Brasil, implantamos mais de 20 núcleos em 10 cidades da Baixada Maranhense (coordenados por Fóruns da Juventude) e 2 em são Luís, coordenados por comissões de jovens locais.

Temos com esses Núcleos o objetivo de estruturar espaços alternativos de disseminação para crianças, adolescentes e jovens, por dentro e por fora de escolas públicas, de esportes (olímpicos, futebol e outros) na perspectiva do esporte educativo, inserindo à prática do esporte a construção de regras, reflexões de temáticas e avaliação da prática esportiva, isso sendo feito a partir da metodologia do esporte em 3 tempos.

Nessa metodologia existe um primeiro tempo de construção de regras e reflexão de temas; um segundo tempo em que a prática esportiva (o jogo, a corrida, etc.) ocorre; e, um terceiro tempo, destinado à avaliação ou ao aprofundamento de outras temáticas. Essa metodologia está amplamente explicada em publicação do Formação, de 2012, editada e impressa com apoio do UNICEF e SAMSUNG.

Motiva-nos com essa tecnologia que desenvolvemos:

-  a necessidade do esporte na zona rural e nas periferias;

-  a busca permanente de soluções para os vazios existentes na área do esporte e da cidadania; e

- o fato de as escolas públicas, em quase sua totalidade não desenvolverem em escala necessária metodologias para a prática contínua do esporte educacional. Mesmo na versão preliminar para a prática de alto rendimento, essa abrangência ainda é pequena. Tudo isso, apesar da disciplina educação física estar incluída no currículo das escolas de todo país.

Decorre essa situação tanto da falta de professores especialistas, quanto da não compreensão da importância desse conteúdo, da inadequação de espaços de grande parte das escolas para essas práticas, como, de forma mais contundente, da falta de uma política pública que universalize a garantia desse direito. Evidentemente, não se pode negar avanços existentes nas duas últimas décadas, mas, um longo caminho de lutas e conquistas ainda vamos percorrer. E nesse caminho, o Formação tem sonhado, realizado sonhos e construído algumas referências, metodologias e tecnologias que podem ser adotadas, como é o caso do NUCEL.

Cada NUCEL é implantado mediante as realidades locais, com os seguintes formatos:

1 – Quando já existe infraestrutura, equipamentos e materiais – organizamos o projeto educativo e fazemos a formação dos mediadores nas diferentes modalidades para a organização das atividades semanais e dos eventos pontuais.

2 – Quando não há infraestrutura, equipamentos e materiais – estruturamos espaços alternativos, a partir de mapeamentos com públicos locais, adquirimos materiais e desenvolvemos os programas de formação, agenda, eventos e modelo de gestão.